Vale a pena contratar um headhunter profissional?

Vale a pena contratar um headhunter profissional?

Vale a pena contratar um headhunter profissional?

Quando a tão sonhada recolocação no mercado de trabalho está difícil de ser alcançada, buscar por um profissional que atue como intermediador entre você e a vaga desejada é uma alternativa que pode ser bastante promissora.

O responsável por essa mediação é o chamado headhunter. O termo de origem inglesa define esse profissional responsável por encontrar os melhores executivos no mercado de trabalho e realocá-los para cargos que atendam, ao mesmo tempo, o perfil profissional de quem os contrata e os interesses da empresa.

Mais eficiente que o departamento de Recursos Humanos de uma empresa, esse profissional tem a vantagem de poder manter contato aberto com os concorrentes de uma organização que representa e, assim, saber quais são, de fato, as melhores oportunidades que o mercado oferece.

Funções de um headhunter

As funções de um headhunter geralmente são:

  • Selecionar profissionais para cargos executivos e de liderança,
  • Estabelecer o perfil do candidato de acordo com a vaga,
  • Realizar o processo de recrutamento em si.

Com um papel tão fundamental como esse você pode se perguntar, porque não contratar logo os serviços de um headhunter. Mas, muita calma. Vamos ajudar você a avaliar a real necessidade da contratação desse profissional para o seu caso, além de alertá-lo em relação a possíveis armadilhas.

Pontos Negativos – Cuidado com armadilhas ao contratar esse profissional

Há armadilhas bastante comuns no mercado quando o assunto é contratar um headhunter.

Esses verdadeiros “recrutadores” realmente podem ter a vaga certa para seu perfil. No entanto é bom ficar alerta a alguns aspectos que podem ser negativos.

Confira a seguir alguns deles:

  • Não aceite ‘exclusividade’

Se você está à procura de vagas e parte para a busca desse profissional, não assine nenhum termo ou contrato de exclusividade com ele.

Por mais que o headhunter seja bom no que faz e tenha contatos, essa é uma forma que acaba restringindo suas reais chances de recolocação profissional.

Por isso, evite assinar qualquer documento que exija que aquele headhunter seja o único que possa realocar você no mercado. E se essa for uma exigência desse profissional, procure por outro.

  • Desconfie de cobranças de ‘taxas’

Quando a contratação de um headhunter é feita, os “honorários” são pagos com base em um percentual que é cobrado em cima do salário do candidato. Ou seja, o pagamento é feito apenas após a contratação.

Fora isso, taxas e outros valores não devem jamais ser pagos para headhunters e muito menos para outros profissionais que se envolvam no processo que vai do recrutamento à contratação. Fique alerta.

  • Ele não está fazendo um favor para você

Esse esquema de pagamento pós-emprego garantido pode fazer parecer que todo o trabalho anterior à conquista da vaga seja uma espécie de “favor”. Jamais aceite essa ideia.

 

O que há é uma relação entre profissionais. Afinal, a fonte de renda de um headhunter é derivada no sucesso que você tem ao ser realocado no mercado. Assim, de forma indireta, você é responsável não só pela renda desse recrutador como também pelo sucesso da reputação que ele estabelece no mercado.

E, se levarmos em consideração que essa assertividade também depende do seu perfil enquanto profissional, você merece ser tratado com respeito independentemente do pagamento surgir dali a semanas ou meses.

Então, confie antes de tudo no seu perfil e que você é parte importante para que todo o processo tenha sucesso.

Pontos Positivos – As vantagens de se contratar esse profissional

Quanto às vantagens de optar pelos serviços do headhunter estão:

  • Ampla rede de contatos

Uma das vantagens é, sem dúvida, saber que a rede de contatos desses recrutadores de executivos é ampla não apenas em quantidade, mas também em diversidade.

Altos cargos nas diferentes áreas são opções reais às quais um headhunter pode disponibilizar para verificar se, de fato, se adéquam ao seu perfil.

  • Experiência de mercado

A extensão da rede de contatos de um headhunter serve como um indicativo de experiência no mercado. Quanto mais contatos, mais chances de poder recrutar profissionais para as vagas em potencial e, também, mais conhecimento de mercado.

Assim, o headhunter está por dentro não apenas das vagas que já existem, mas também de ótimas oportunidades que estão prestes a surgir.

  • Seu sucesso é o sucesso dele

O trabalho de um headhunter não se limita a encontrar uma vaga que seja boa para você. Ele também precisa estar atento ao que a empresa que te contratar precisa.

No entanto, mais que isso, um headhunter precisa provar que seu trabalho vale a pena. Aliás, por que uma empresa opta por contratá-lo ao invés de deixar as contratações a cargo de seu próprio RH?

Por isso, a maneira de deixar evidente a importância de seu trabalho como recrutador é fazer com que você tenha sucesso. Mas ele não pode mudar seu perfil profissional e muito menos as expectativas da empresa. ‘Como garantir esse sucesso, então?’ você deve se perguntar.

E a resposta é: ser profissional e, acima de tudo, focar no que é um ótimo negócio para a empresa e para candidato.

Apenas assim, um headhunter garante seu sucesso: quando seus próprios clientes têm sucesso.

E para garantir esse sucesso, um bom headhunter deve prezar por:

  • Estabelecer uma relação entre iguais com seus clientes,
  • Oferecer opções de vagas com as quais você possa se identificar,
  • Garantir que você feche com oferta de melhor custo-benefício

 

Fonte: http://radardoemprego.com.br/contratar-um-headhunter-profissional-vale-a-pena/